Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

A melatonina é um hormônio produzido por animais e plantas, em humanos ela se localiza na Glândula Pineal que é responsável pela regulação da vigília e do sono, além de atuar como uma espécie de relógio biológico demarcando os horários que o corpo costuma se alimentar, acordar, fazer a digestão, dormir. A glândula pineal também auxilia na manutenção do sistema imunológico e na produção dos hormônios, entre eles, a melatonina.

A principal função da melatonina no corpo humano é fazer a regulagem dos momentos de sono, ou seja, do período de descanso necessário para o cérebro recarregar suas forças. Quando você está em um ambiente escuro, a melatonina começa a agir e faz com que você comece a ficar sonolento, mesmo que esta não seja sua intenção.

Em um ambiente cheio de distrações, como luzes e cores, ou sons, ou mesmo cheiros fortes, o corpo se ocupa em emitir comandos para a ação do metabolismo. Com as funções corporais ocupadas nessa tarefa, a melatonina deixa de agir corretamente e prejudica o sono. É por isso que muitas pessoas que sofrem de insônia possuem um nível muito baixo desse hormônio.

Além de regular o sono, a melatonina também age na reposição das células corporais deterioradas pela poluição, pelo estresse do dia a dia e pelas mais diversas causas com as quais entramos em contato diariamente.

No entanto, é muito importante que exista um acompanhamento médico na utilização, afinal, o hormônio sozinho pode não trazer os resultados desejados, além de poder piorar os sintomas, nenhuma medicação deve ser utilizada sem instruções profissionais.

Onde conseguir a melatonina

A melhor forma de se conseguir melatonina é cuidando da própria saúde para que o corpo supra as necessidades e fabrique o necessário para o bom funcionamento do organismo. No entanto, pode ser que a própria produção hormonal precise de um incentivo extra, e nesse momento é interessante verificar o que o mercado farmacêutico oferece.

O descobrimento da melatonina data do século XVII quando se convencionou chama-la de “hormônio da noite”, mas desde aquela época os estudos vêm sendo aprimorados e ainda que no Brasil e na Europa seu uso não seja regulamentado pelos órgãos responsáveis, nos Estados Unidos, sua utilização acontece em larga escala.

A melatonina pode ser encontrada no formato de:
Comprimidos;
– Cápsulas;
– Gotas;
– Spray nasal.

 

Meios possíveis de atuação da melatonina

Este hormônio do sono pode agir em muitas situações e é por isso que sua utilização deve ser regulada através de médicos, afinal, ela pode vir a afetar muitos órgãos do corpo humano.

– Enxaqueca: ela age para corrigir os impulsos biológicos que porventura saírem de controle;
– Câncer: ao trabalhar a imunidade do corpo e a reposição das células, a melatonina pode auxiliar no combate à esta doença.
– Autismo: em crianças que sofrem com essa doença, é muito comum a porcentagem baixa de produção do hormônio, sendo assim uma reposição poderia aumentar a qualidade de vida da criança.
– Atraso do sono e envelhecimento são outras condições que poderiam ser melhoradas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here