Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

Entenda o dilema de quem possui hábitos noturnos ou tem a necessidade de dormir de dia e não à noite.

A troca da noite pelo dia é algo comum a muitas pessoas. Um ser humano pode realizar essa troca por vontade própria ou por necessidades sociais. Veja a seguir a razão de isso acontecer, seu processo de desenvolvimento, quais seus malefícios e como evitar.

A troca da noite pelo dia por vontade própria

Quem nunca deixou de dormir à noite simplesmente por vontade de ficar acordado para assistir, conversar, jogar, passear entre outras coisas, sabe o quanto isso se torna rotina com o tempo.

Resistir ao sono, à uma classe de pessoas, pode ser sinal de normalidade. Geralmente jovens e adolescentes são os que escolhem não dormir no horário convencional e muitos julgam aqueles que cedo se deitam.

Há uma preocupação no meio de quem opta por essa escolha; não aproveitar a vida, como se entregar-se ao sono fosse sinal de se render a não viver.

Ao inverter o horário esperado para dormir, enquanto há luz solar, se ocupam em seus  quartos dormindo, e assim não desfrutam a iluminação natural do sol.

Ter costume somente de hábitos noturnos, pode gerar a você diversas consequências.

Dormir de dia e não à noite por obrigação

O mundo não é composto somente por pessoas com hábitos noturnos ou diurnos. Existem pessoas obrigadas a dormir em um determinado horário.

A obrigação pode vir por motivos como, estudos, filhos e trabalhos.

É comum alguém atarefado se dedicar tanto à suas responsabilidades, que não limita o horário do trabalho e do descanso, exprimindo esse último.

Trabalhar é um algo necessário para o ser humano. Entretanto, ter de realizar o trabalho no período noturno é uma grande dificuldade para quem possui essa tarefa.

O corpo contém um relógio biológico natural, que diz o momento certo para dormir. Ao se pôr o sol e a incidência de luz diminuir, o organismo começa a trabalhar para dar sonolência ao indivíduo. Nessa horas a pessoa que trabalha de noite está se aprontando para ir ao trabalho.

Quem já teve que passar por isso, ou ainda tem, sabe como é difícil fazer essa troca frequentemente. Dormir se torna o desejo mais forte durante o serviço, e pelo dia a razão de dores de cabeça.

Consequências dessa troca

O mal que esses hábitos  ou necessidades podem gerar ao indivíduo, são muitos. Alguns perceptíveis momentaneamente, já outros desenvolvidos com o tempo.

São visíveis rapidamente, dores de cabeça, dores no corpo, sensação de cansaço, dificuldade para dormir no momento destinado a isso, sonolência ao realizar atividades diversas, diminuição da interação social, mau humor, entre outras coisas.

A longo prazo, a pessoa que troca o dia pela noite, pode desenvolver diversas doenças, pois seu corpo fica desregulado com a inversão do horário biológico natural.

 

Como amenizar os efeitos quando é necessário trocar o dia pela noite?

Se não há outra opção para você, se você realmente precisa por algum motivo ficar acordado à noite, e dormir de dia. Atente-se às próximas instruções.

  • Você precisa dormir o tempo necessário para seu organismo, ele não é maior ou menor por ser de dia ou de noite.
  • Estipule uma rotina, não deixe de realizar atividades físicas e manter boa alimentação.
  • Ao deitar-se, feche todo o quarto e deixe o ambiente totalmente escuro.

A sua saúde precisa ser mantida diariamente, então cuide-se e previna-se para sempre sentir bem estar.

Por Jean Araújo

 


Leia também: Dicas para acabar com a insônia causada por trabalhos em turnos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here