Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

Estudos comprovam que a geração atual é a que menos faz sexo. Esse resultado pode ser polêmico e causar estranheza, uma vez que vivemos um momento de maior liberação sexual, maior liberdade da mulher e o tema está aberto para discussão. No entanto, este também é um tempo em que os indivíduos estão sobrecarregados com inúmeros afazeres.

Acontecimentos sociais estão quase sempre interligados e acabam sendo causa e consequência uns dos outros. A liberação da mulher faz com que ela assuma compromissos além da casa e dos filhos, e, por vezes esses compromissos são somados. O papel dos homens nas rotinas da casa começa a aumentar, assim com as horas de trabalho são cada vez maiores para suprir a demanda do mercado capitalista.

O resultado óbvio é que o corpo não suporta tanta pressão e acaba entrando em colapso. Esse colapso pode vir através de cansaço extremo e distúrbios do sono que, por sua vez, afetam o desempenho sexual. No entanto, é importante ter em mente que assim como a insônia afeta o sexo, a falta do mesmo também provoca a insônia.

Mulheres acima dos cinquenta anos e que estão entrando na menopausa acabam sofrendo com distúrbios do sono, que por sua vez afetam a disposição sexual. Nos homens que sofrem de apneia ou mesmo de outros distúrbios do sono tendem a ter sua libido drasticamente diminuídas.

O sexo faz aumentar os níveis de estrogênio nas mulheres, o que auxilia na melhor qualidade do sono REM (Rapid Eye Moviment, ou a fase do sono em que os sonhos estão ativos). Nos homens, o sexo libera a secreção do hormônio prolactina que ocorre logo após o orgasmo e que se associa diretamente à qualidade do sono.

Dicas para curar a insônia e aumentar a qualidade de vida sexual

 

– Pratique a meditação

A meditação é uma pratica milenar iniciada nos países orientais e que procura buscar a calma e relaxamento da mente, para que o corpo sinta os benefícios e tenha uma qualidade de vida mais elevada. Meditar é uma prática que se melhora com o tempo, ou seja, não adianta você meditar uma única vez e tentar ver os benefícios porque isso não acontecerá.

É importante que você se mobilize e se empenhe na busca pelo relaxamento mental, e pratique todas as noites antes de dormir. Casais podem tentar meditar juntos, assim o cansaço pode desaparecer e assim aumentar a qualidade de vida sexual.

– Invista na alimentação

A serotonina, a melatonina e o 5-HTP são neurotransmissores que auxiliam na busca por uma boa noite de sono. existem alguns alimentos que podem ajudar na produção desses compostos.

Você também pode buscar por uma suplementação mais rápida e direcionada como os próprios suplementos que são vendidos em sites especializados da internet, que podem te ajudar a suprir esta falha.

– Faça exercícios físicos

Exercícios físicos liberam endorfina, que por sua vez age na sensação de bem estar físico. Ao sentir-se bem é automático que as outras funções corporais tenham mais mobilidade. É comprovado que exercícios físicos auxiliam no bom desempenho sexual.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here